31 de mai de 2010

II Semana Integrada do Meio Ambiente da Região Norte Fluminense (II SIMA)

Começou hoje, as 9 horas, no auditório Prata Tavares, no Palacio da Cultura, a II Semana Integrada do Meio Ambiente da Região Norte Fluminense (II SIMA).
O Pedro Cabral esteve na abertura do encontro em nome do PV, representando o Presidente Andral Tavares Filho. O debate, mais voltado para professores, está discutindo a fundo a questão ambiental e foi exibido um vídeo com depoimentos e observações dos estudiosos envolvidos nas pesquisas acerca dos manguezais existentes, nos tres municípios que englobam o polo promotor do evento.
Pela programação oficial, amanhã, 01 de Junho, teremos o evento acontecendo  na SMEC de São João da Barra e depois, em 02 de Junho, na SMEC de São Francisco de Itabapoana.

28 de mai de 2010

Mapa-mundi



Vejam abaixo uma redação atribuída a uma jovem de 14 anos da cidade de Joinvile, durante um concurso de redação na rede municipal de ensino. Retirada de http://jamilkauss24.blogspot.com


"Certa noite, ao entrar em minha sala de aula, vi num mapa-mundi, o nosso Brasil chorar:

- O que houve, meu Brasil brasileiro? Perguntei-lhe!

E ele, espreguiçando-se em seu berço esplêndido, esparramado e verdejante sobre a América do Sul, respondeu chorando, com suas
lágrimas amazônicas:

- Estou sofrendo. Vejam o que estão fazendo comigo... 
Antes, os meus bosques tinham mais flores e meus seios mais amores.
Meu povo era heróico e os seus brados retumbantes. O sol da liberdade era mais fúlgido e brilhava no céu a todo instante.
Onde anda a liberdade, onde estão os braços fortes?
Eu era a Pátria amada, idolatrada. Havia paz no futuro e glórias no passado.
Nenhum filho meu fugia à luta. Eu era a terra adorada e dos filhos deste solo era a mãe gentil.
Eu era gigante pela própria natureza, que hoje devastam e queimam, sem nenhum homem de coragem que às margens plácidas de algum riachinho, tenha a coragem de gritar mais alto para libertar-me desses novos tiranos que ousam roubar o verde louro de minha flâmula.

Eu, não suportando as chorosas queixas do Brasil, fui para o jardim.
Era noite e pude ver a imagem do Cruzeiro que resplandece no lábaro que o nosso país ostenta estrelado.
Pensei... Conseguiremos salvar esse país sem braços fortes?
Pensei mais... Quem nos devolverá a grandeza que a Pátria nos traz?
Voltei à sala, mas encontrei o mapa silencioso e mudo, como uma criança dormindo em seu berço esplêndido."

27 de mai de 2010

Planeta Sustentável

A foto ao lado mostra a página chamada Planeta Sustentável no twitter. Voce pode acompanhar, seguir, visitar esporadicamente e tal. É um bom lugar para se ver ideias, dicas e notícias sobre meio ambiente, responsabilidade social, negócios sustentáveis, educação, cidadania e muito mais. Clique aqui para ver.
Mas voce não pode deixar de ver também e, se possível acompanhar, a nossa página no twitter que é http://twitter.com/pvcamposrj

TRE cassa prefeita de Campos

TRE-RJ cassa Rosinha e torna casal Garotinho inelegível por três anos - http://oglobo.globo.com

TRE cassa Rosinha e decide pune Anthony Garotinho - http://odia.terra.com.br/portal

TRE cassa mandato de Rosinha e torna Garotinho inelegível - http://g1.globo.com/rio-de-janeiro

Justiça do Rio cassa mandato de Rosinhae torna Anthony Garotinho inelegível - http://noticias.r7.com/brasil

Justiça Eleitoral do Rio torna Garotinho inelegível e cassa mandato de Rosinha - http://www1.folha.uol.com.br/poder

TRE do Rio de Janeiro torna Anthony Garotinho inelegível - http://noticias.terra.com.br


Na prática ela deve recorrer e continuar no cargo, mas o episódio traz à tona o mar de lama em que nossa cidade está banhada. Precisamos lutar contra esse tipo de coisa que acontece há anos: Arnaldo foi cassado; Campista foi cassado; Mocaiber foi cassado; Rosinha foi cassada.
CHEGA!!! 
Precisamos parar com essa rotina que tem envergonhado todos os campistas - aliás todos não: só os que tem vergonha na cara.

Rosinha cassada pelo

Deu em OGLOBO on-line: TRE cassa a prefeita Rosinha. Estamos apurando mais notícias.

Desmatamento

No site do OGlobo de hoje temos duas notícias preocupantes acerca do desmatamento e da falta de respeito pela natureza e até pelas leis.

Uma fala de uma área devastada em Minas Gerais, entre2008 e 2010, equivalente a 12,5 mil campos de futebol. Observe que não são doze campos – são mais de doze MIL campos.
Comparando com um período de 2005 a 2008, segundo dados divulgados pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) e pela Fundação SOS Mata Atlântica. houve aumento de 15%.    De acordo com a diretora de Gestão do Conhecimento e coordenadora do Atlas pela SOS Mata Atlântica, Márcia Hirota, o crescimento está relacionado à expansão da fronteira agropecuária e principalmente à produção de carvão vegetal para usinas siderúrgicas da região. "A Bacia do Jequitinhonha é hoje a mais ameaçada do país."

 A segunda notícia fala do “to nem aí” que os proprietários de uma obra embargada em 11 de agosto passado, disseram para as autoridades, já que continuam desmatando. Diz a reportagem: “Registros fotográficos feitos de agosto a abril mostram o avanço significativo do desmatamento na Praia Negra, na Enseada do Saco do Céu, um dos pontos mais charmosos de Angra dos Reis. Mais de dez mil metros quadrados de mata já foram queimados próximo à praia, numa área pertencente ao espólio do bicheiro Castor de Andrade, morto em 1997, e administrada por sua filha, Carmen Lúcia de Andrade Iggnácio, mulher do contraventor Fernando Iggnácio. As autoridades já têm conhecimento do crime ambiental, mas ainda não conseguiram combatê-lo.”

25 de mai de 2010

Por que a diferença?

O site do O Globo traz em sua matéria (veja aqui) sobre o encontro de hoje dos presidenciávies na CNI  uma diferença de tratamento que deveria ser explicada: quando noticiou sobre as falas da candidata da situação, usou 32 (trinta e duas) linhas para fazê-lo; quando falou sobre o que disse o candidato Serra fez uso de 31 (trinta e uma) linhas; mas quando abordou as falas da pré-candidata Marina Silva, economizou e utilizou parcas 10 (dez) linhas. Por que?
O tempo de todos foi igual no encontro. O site uol deu tratamento igualitário aos tres, mas pelo que estou vendo, o grupo Globo vai continuar com as suas práticas tendenciosas.

Marina Silva na CNI

Veja abaixo, parte da matéria do UOL sobre um debate na CNI

Serra e Marina intensificam críticas à candidatura de Dilma em sabatina
Do UOL Eleições
Em São Paulo

Em sabatina organizada pela CNI (Confederação Nacional da Indústria), realizada nesta terça-feira (25) em Brasília, os dois principais pré-candidatos da oposição à Presidência - José Serra (PSDB) e Marina Silva (PV) - aumentaram o tom das críticas à petista Dilma Rousseff. Embora todos concordassem na necessidade de uma reforma tributária no país, Serra criticou o posicionamento da ex-ministra da Casa Civil sobre as políticas monetária, fiscal e de tributos, enquanto a senadora do Acre criticou, em tom enfático, a própria pré-candidatura da petista e questionou o PAC (Programa de Aceleração do Crescimento).

Marina: críticas a "despotismo" e PAC
Última pré-candidata a falar, Marina Silva se "apropriou" do slogan de Serra. "Nós sabemos que podemos fazer mais e melhor", disse, após afirmar que o Brasil "não pode aceitar o enquadre" de país exportador apenas de minérios e alimentos na economia mundial. A senadora acriana elogiou os governos Lula e Fernando Henrique Cardoso, os quais, segundo ela, "não são gerentes", mas sim "lideranças políticas".

Ao criticar a indicação de Dilma como pré-candidata, Marina fez uma referência indireta ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que chancelou a candidatura da petista. "Na democracia, nenhum líder, por mais relevante, competente e forte que seja, pode oferecer para o seu povo um destino. Só os déspotas oferecem destino", disse enfaticamente, ganhando aplausos.

"[O Brasil] não pode ter lideranças que vêm aqui para dizer que farão mais do mesmo. Não podemos. Podemos antecipar o futuro. Podemos transitar para o Brasil do século 21", disse Marina.

A senadora atacou ainda o PAC. "Não temos um programa de infraestura para o Brasil. O PAC não é um programa, é uma colagem, uma gestão de obras. Não é um programa pensando o crescimento do Brasil", disse.

24 de mai de 2010

Entrevista com Marina Silva

Marina minimiza censura a seu nome em evento de Gabeira

DE SÃO PAULO
A senadora Marina Silva, pré-candidata do PV à Presidência, minimizou nesta segunda-feira a censura a seu nome no lançamento da pré-candidatura do deputado Fernando Gabeira (PV) ao governo do Rio de Janeiro, que ocorreu ontem. Em faixas, seu nome foi coberto por fitas adesivas. "Foi uma orientação de quem está entendendo a legislação e não quer extrapolar."
A chapa de Gabeira tem o apoio do PSDB de José Serra. No entanto, segundo Marina, o deputado irá apoiar apenas a sua candidatura. Apesar disso, ela não foi ao evento. "Gabeira disse reiteradas vezes que está conosco."
Ela também criticou a petista Dilma Rousseff e o tucano José Serra por extrapolarem ao fazer propaganda antecipada. "Estou me referindo aos dois", respondeu ao ser questionada em entrevista à rádio "CBN" se falava de Serra ou Dilma ao dizer que há pré-candidatos não cumprindo a legislação eleitoral.
Marina foi a terceira entrevistada pela rádio "CBN". Serra e Dilma já participaram da entrevista, com cerca de uma hora cada.
Jornada de 40 horas
Ela disse que é a favor da jornada de trabalho para 40 horas semanais. No entanto, para a senadora, essa redução não pode fazer com que os trabalhadores sejam obrigados a cumprir hora-extra todos os dias. "Eu sempre defendi a redução da jornada como pedra filosofal da qualidade de vida do trabalho."
Segundo a senadora, a redução deve significar o aumento no número de trabalhadores com carteira assinada.
De acordo com ela, a pesquisa Datafolha divulgada no sábado no qual aparece com 12% mostra que o eleitorado não quer apenas um plebiscito. "O Brasil está cansado dessa história, que toda vez fica uma guerra entre o vermelho e o azul".
Plano Real e responsabilidade fiscal
Marina admitiu que hoje votaria a favor da lei de responsabilidade fiscal e do Plano Real. De acordo com ela, os votos contrários nessas matérias foram orientação do seu partido na época, o PT.
"Eu digo que foi um erro não termos avaliado que havia um ganho com o Plano Real", disse. Ela afirmou que não vê problema em mudar de posição em matérias como esse tipo. "Quando mudo de opinião, não é por conveniência, mas por convicção."
Ela lembrou que votou a favor da CPMF. Segundo ela, "a CPMF foi grande contribuição para aumentar receita da saúde".
Belo Monte
A pré-candidata rebateu a ideia de que a proteção do ambiente é um entrave para o desenvolvimento econômico. "Meio ambiente não atrapalha o desenvolvimento."
Para ela, o debate da sustentabilidade não foi colocado nem pelo PT ou pelo PSDB. "Sustentabilidade não é samba de uma nota só." Ela disse que essa questão é o diferencial de sua candidatura da dos outros partidos.
Marina voltou a dizer que é contra a construção da Usina de Belo Monte, no Pará. "Os mesmos problemas de hoje é que há 20 anos estavam apresentados no projeto de Belo Monte.
Irã
Sobre o acordo com Irã, conduzido pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, ela disse que é preciso esperar para avaliar se teve resultado. "Temos que ficar em compasso de espera. Não é bom celebrar antes do tempo", afirmou. Segundo Marina, o governo iraniano já desrespeitou acordos parecidos antes e é um país que não respeita os direitos humanos.
Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/poder/739769-marina-minimiza-censura-a-seu-nome-em-evento-de-gabeira.shtml

Pré-candidatura de Gabeira



O PV estadual lançou neste domingo, no teatro América na Tijuca, a pré-candidatura do Deputado Fernando Gabeira que vai concorrer ao cargo de governador do Estado do Rio de Janeiro.
O deputado colocou como parte dos compromissos de campanha a saúde da população mais carente que, segundo ele, não tem sido atendida quanto a prevenção de doenças e a  ampliação dos transportes sobre trilhos.
Apesar da PSDB fazer parte da aliança com o PV, PPS e DEM, o pré-candidato afirmou que somente pedirá votos para a pré-candidata à presidência do Brasil, Marina Silva.
O Presidente do PV de Campos, Andral Tavares Filho, marcou presença.
Fontes: www1.folha.uol.com.br. www.odia.terra.com.br, www.oglobo.globo.com   e www.r7.com

Constatação

Juventude de aluguel
Deu no blog do Bastos:

Por Alexandre Bastos, em 23-05-2010 - 12h10
“A política é a arte de captar em proveito próprio a paixão dos outros.” (Henri Millon de Montherlant)
Muita gente se assutou ontem (22) ao avistar alguns jovens gritando “Ôôoo, Garotinho voltou” no ginásio do Automóvel Clube, durante o I Encontro Regional do PR. Entre os jovens, que já não são tão jovens assim, estavam figuras que atacaram duramente o casal Garotinho nas últimas eleições. Eles já foram da Juventude do PDT de Arnaldo, do PSB de Mocaiber e agora estão no PR de Garotinho.

Comentário nosso: Estive no Automóvel Clube Fluminense no dia da Festa do PR e realmente tinha muita gente. Tinha gente que se mostrava apaixonada por Garotinho mas também tinha muita gente que só estava lá porque foi "convocado" para tanto. Ocorre que hoje a Prefeitura de Campos tem uma quantidade enorme de servidores contratados e um incrível número de cargos em comissão e todos são obrigados a fazer parte do time. Se não marcarem presença podem ficar sem o emprego ou sem a boquinha.

Constatação

Juventude de aluguel
Por Alexandre Bastos, em 23-05-2010 - 12h10
“A política é a arte de captar em proveito próprio a paixão dos outros.” (Henri Millon de Montherlant)
Muita gente se assutou ontem (22) ao avistar alguns jovens gritando “Ôôoo, Garotinho voltou” no ginásio do Automóvel Clube, durante o I Encontro Regional do PR. Entre os jovens, que já não são tão jovens assim, estavam figuras que atacaram duramente o casal Garotinho nas últimas eleições. Eles já foram da Juventude do PDT de Arnaldo, do PSB de Mocaiber e agora estão no PR de Garotinho.

23 de mai de 2010

Projeto Polen

Recebemos o convite por e-mail e repassamos para todos que tiverem interesse. Atendendo pedido do presidente Andral Filho, o Pedro Cabral estará representando o PV local, no evento dia 31/05 na SMEC em Campos dos Goytacazes.

Os Polos de Educação Ambiental de São João da Barra, São Francisco de Itabapoana e Campos dos Goytacazes convidam para a II Semana Integrada de Meio Ambiente da Região Norte Fluminense
Em comemoração ao Dia Mundial do Meio Ambiente os Polos de Educação Ambiental de São João da Barra, Campos dos Goytacazes e São Francisco de Itabapoana, integrantes da Região 4 do Projeto Pólen, convidam professores e interessados a participarem da II Semana Integrada do Meio Ambiente da Região Norte Fluminense (II SIMA). Este evento será realizado nos dias 31 de Maio (Campos dos Goytacazes), 01 (São João da Barra) e 02 (São Francisco de Itabapoana) de Junho das 9:00 as 17:00 h nas Secretarias de Educação e Cultura dos municípios. Serão apresentados e discutidos os materiais produzidos no âmbito da I SIMA.

Material de Apoio (vídeo e cartilha educativa)
Apresentar e discutir o uso do material de apoio (vídeo e cartilha educativa) elaborado no âmbito da I SIMA nos espaços formais e não formais de ensino. É objetivo ainda gerar reflexão sobre como o material pode ser utilizado como ferramenta de ensino-aprendizagem de modo a fomentar a participação e o controle social das questões socioambientais da região por parte da população.
Organizações populares (Carta de Intenção)
Apresentar, discutir e entregar oficialmente às prefeituras dos municípios de Campos dos Goytacazes, São João da Barra e São Francisco de Itabapoana a Carta de Intenção em favor dos manguezais do norte fluminenses, elaborada como produto da I SIMA. Conjuntamente a essa ação, será promovido um debate sobre caminhos legais para a participação popular nas esferas municipais, estaduais e federais.
Programação do Evento*
31 de Maio - SMEC Campos dos Goytacazes
01 de Junho - SMEC São João da Barra
02 de Junho - SMEC São Francisco de Itabapoana
Todos os eventos ocorrerão das 9:00h as 17:00h.
*Atualizações no site www.projetopolen.org
Pré-inscrições aqui. Outras informações veja no site aqui.
Até lá.

Secretário Estadual visita Campos


O presidente local do PV de Campos, Andral Filho e o coordenador regional do partido, Joca Muylaert recepcionaram o secretário do Partido Verde estadual, Roberto Rocco no último dia 20. À noite, no Espaço Artefísica, gentilmente cedido pelo Vitor Longo Braz, aconteceu uma reunião com a executiva da agremiação e muitos simpatizantes, tendo muita gente ficado em pé, pois não havia mais lugares.
A notícia foi matéria também na edição deste domingo da Folha da Manhã.
Após a reunião aconteceu o encontro para o tradicional choppinho quando o Roberto declarou que ... "o Andral Filho é um diamante, mas que nem precisa ser lapidado: basta colocar na vitrine."

4 de mai de 2010

Gabeira lança candidatura

O PV oficializou ontem (3) a pré-candidatura do deputado federal Fernando Gabeira (RJ) ao governo do Rio. Fazem parte da coligação o PSDB, DEM e PPS. A aliança prevê que o PSDB indique o vice de Gabeira –cargo que deve ficar com o ex-deputado Márcio Fortes. Já o DEM deve indicar o ex-prefeito Cesar Maia ao Senado na chapa de Gabeira. A segunda vaga de candidato ao Senado deve ficar com o PPS, que deve indicar Marcelo Cerqueira. O PV também deve lançar a vereadora Aspásia Camargo como candidata independente da coligação ao cargo.