31 de ago de 2009

Marina Silva

Do Congresso em Foco:

A senadora Marina Silva (PV-AC) assinou neste domingo (30) a filiação ao Partido Verde (PV). Em cerimônia de quase duas horas em São Paulo, a ex-ministra do Meio Ambiente, durante seu discurso, deu um recado implícito ao governo Lula: “Ninguém deve ser líder de tudo. Cada um se coloque na posição de revezamento”, declarou Marina que estuda se candidatar à Presidência da República nas eleições de 2010.

“Ninguém deve ser líder de tudo e querer ser líder do resto. Isso está destruindo a política no Brasil. É preciso nascer novas plantas. Se você quer reter tudo, você vai acabar virando mar morto. Cada um se coloque na posição de revezamento”, desafiou Marina. “Estamos aqui porque temos ideais e em cima de princípios éticos podemos fazer alianças pontuais, pois não somos obrigados a pensar da mesma forma, não somos saco de estopa. O erro é quando alguém pensa que de forma ilegítima vai fazer o seu interesse prevalecer aos demais”, declarou.

Leia o artigo na íntegra.
http://congressoemfoco.ig.com.br/noticia.asp?cod_canal=1&cod_publicacao=29540

25 de ago de 2009

Marina Silva confirma filiação ao PV no dia 30!

Do Globo Online:

RIO BRANCO – A senadora Marina Silva (AC) confirmou nesta segunda-feira que irá se filiar ao PV, naquilo que classificou como um segundo passo da sua nova trajetória política, depois de deixar o PT , partido no qual militou por 30 anos.

Se dizendo uma “mantenedora de utopias”, a ex-ministra do Meio Ambiente diz que a filiação irá ocorrer em evento no próximo domingo, em São Paulo.

Sobre a possível candidatura à presidência, Marina disse a jornalistas estar honrada pelo fato de o PV considerá-la “candidata prioritária”, mas que qualquer anúncio oficial sobre isso só será feito, em 2010.

- No momento, quero discutir um plano estratégico que contemple o meio ambiente e o desenvolvimento sustentável para o Brasil que deve ser considerado a maior potência ambiental do planeta – argumentou.

Leia a matéria completa.

24 de ago de 2009

Confirmado Gabeira em Campos!!!




Tudo certo para receber o Deputado Federal Fernando Gabeira, (PV-RJ) em Campos no dia 11/09/2009.
Aguardem!!

Já começaram os ataques ao PV

esperávamos os ataques ao Partido Verde, depois do anuncio da candidatura de Marina Silva a presidência da República. Estamos preparados para isso.
Leia a posição de Alfredo Sirkis publicada no site do PV.

Marina em Belém

Um dia após o seu desligamento do Partido dos Trabalhadores, Marina Silva foi recebida de braços abertos e com muito aconchego pelos verdes do Pará. As imagens falam por si.









Do Blog do Zé Carlos (Membro da Executiva Nacional do Partido Verde, Coordenador da Região Norte):



22 de ago de 2009

Tudo acertado: a bola com Marina!


Todas as questões políticas relevantes foram acertadeas ontem à noite, em São Paulo. Haverá uma Convenção Nacional festiva, no domingo 30 de agosto, para receber Marina.

A hora da decisão.
Dependendo ainda de anúncio oficial da senadora Marina Silva, já está montado o cenário para seu ingresso no PV. Ele se daria no dia 30 de agosto, domingo, em São Paulo, numa convenção nacional festiva do PV precedida de uma reunião da Executiva Nacional, possivelmente no mesmo dia, pela manhã ou no sábado, dia 29.

Marina indicará nove integrantes de sua equipe que, juntamente como ela própria, ingressarão na Executiva Nacional do PV e, juntamente com onze membros atuais da Executiva, formarão uma Coordenação Nacional destinada a tratar, prioritariamente, da elaboração do texto base para os novos programas partidário (20 anos) e de governo (5 anos) pela campanha presidencial --a decisão de Marina não é automática à filiação, será tomada em momento posterior-- e outros assuntos centrais como a mobilização do partido em torno da Conferência de Copenhagen. Questões estaduais são serão tratadas pela Coordenação caso influenciem as outras esferas. Os novos programas partidário e de governo serão fechados no Congresso Verde previsto para novembro.

Foi também acordado propor a inclusão nos estatutos uma "clásula de consciência" que permite aos filiados e eleitos se absterem em relação a pontos do programa partidário que possam de alguma maneira contrariar convicões religiosas, sem prejuízo da posição oficial do partido.

Foi reiterada a importancia da campanha de mobilização Brasil no Clima que deverá conscientizar a população brasileira em relação ao papel extraordinariamente importante de nosso país na Conferência de Copenhagen, de 7 e 21 de dezembro, e da necessidade do Brasil assumir metas audazes de redução de suas emissões de carbono e metano, tanto nas queimadas na Amazônia quando nas fontes energéticas, vazadouros de lixo e agropecuaria.

A campanha Brasil no Clima será relançada com a presença de Marina, no Rio de Janeiro, no domingo 27 de setembro, numa caminhada pela orla marítima.
Fonte:Sec. Nac. de Comunicação - DF

16 de ago de 2009

Crise econômica precisa ser enfrentada com foco no meio ambiente, defende senadora


De Kelly Oliveira, da Agência Brasil:


A senadora Marina Silva (PT-AC) considera que não há como separar a crise econômica da ambiental. A avaliação foi feita hoje (15) em debate sobre clima e meio ambiente, promovido pelo Movimento dos Trabalhadores Rurais sem Terra (MST). Os trabalhadores rurais estão acampados em Brasília desde a última segunda-feira (10).

“A crise econômica é grave e precisa ser enfrentada e resolvida e a crise ambiental também. Uma não é em oposição a outra. As coisas têm que ser integradas. Não que há se por em oposição desenvolvimento e preservação. É parte da mesma equação”, disse.

No evento, Marina afirmou que a crise econômica mundial “agora bateu no teto” dos ricos, mas já existia para milhares de pessoas que morrem de aids na África, para aqueles que vivem com menos de um dólar por dia, entre outras situações de pobreza.

Segundo a senadora, o Brasil tem condições para iniciar um processo de desenvolvimento sustentável e que é uma mudança de “envergadura civilizatória”. “Estamos diante de uma esquina ética. O nosso compromisso com as gerações futuras nos levará a duas decisões: ou não nos importamos com a possibilidade de inviabilizar a vida na Terra, ou nos importamos e começamos a fazer as mudanças que nós queremos ver no futuro”.

Marina acrescentou que “as pessoas acham que, para fazer algo que ainda não foi feito, tem que ser em oposição ao que já foi conquistado”. “A vida não é assim. Os processos são cumulativos e tem que trabalhar com os acúmulos positivos de diferentes governos e períodos”, acrescentou.

Após participar do evento, Marina disse à imprensa que não vai prolongar por muito tempo o anúncio de sua decisão sobre a possibilidade de troca de partido. Ela afirmou que até o início da próxima semana tomará sua decisão.

Matérias relacionadas:

  1. Crise: Gabeira defende medidas imediatas no setor de reciclagem de resíduos sólidos
  2. Senadora pode trocar o PT pelo PV
  3. Secretários de meio ambiente do PV formam grupo
  4. País não tem o que comemorar do Dia do Meio Ambiente, afirma Sarney Filho
  5. CE: Dia do Meio Ambiente terá manifesto em 16 pontos de Fortaleza
Deu no: http://redepv.org.br/blog

13 de ago de 2009

Membros do PV Campos compareceram a palestra da XIX Semana do Advogado em SJB.


Lucas Rony, Vitor, Filipe Estefan (presidente da 12a. Subseção da OAB - RJ),o palestrante, Andral Filho e André Pinto (Vice-Presidente do PV de SJB).

Membros do PV Campos compareceram a palestra da XIX Semana do Advogado em SJB. Os representantes do PV Campos, Andral Filho, Lucas Rony e Vitor Montalvão participaram, na última segunda-feira, da palestra proferida pelo advogado e professor JEFERSON NOGUEIRA FERNANDES sobre o tema POLÍTICAS PÚBLICAS AMBIENTAIS. De uma modo bem didático Jeferson explicou detalhadamente como pode a sociedade participar de modo mais efetivo da escolha das políticas públicas executadas pelos governantes.



Livre concorrência

DEU NO CONSULTOR JURÍDICO

www.conjur.com.br

Leia voto a favor da importação de pneus usados

Por Lilian Matsuura

Único a votar contra a lei que proíbe a importação de pneus usados, o ministro Marco Aurélio, do Supremo Tribunal Federal, baseou o seu voto na livre concorrência. Para ele, trata-se de “ledo engano” proibir a importação, “a menos que voltemos à época das cavernas, à roda de madeira”. Na ocasião, o ministro ressaltou que a recauchutagem de pneus aumenta a concorrência e coloca no mercado produtos mais acessíveis, “especialmente aos menos afortunados”. Em junho, o Supremo considerou constitucional a lei que impede a importação de pneus no país. Exceto Marco Aurélio, todos os outros ministros da corte votaram nesse sentido. A Ação de Descumprimento de Preceito Fundamental foi apresentada pela Presidência da República, com o argumento de que o artigo 225 da Constituição Federal, que assegura a todos o direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado, estava ameaçado pela incineração e pelo depósito de pneus velhos. Marco Aurélio, em seu voto vencido, lembra que as multinacionais vão continuar a produzir pneus em território nacional. Mais que isso, diz, não existe lei que proíba o livre exercício de qualquer atividade econômica no país. Ele cita o parágrafo 170 da Constituição Federal, que prevê: "É assegurado a todos o livre exercício de qualquer atividade econômica, independentemente de autorização de órgãos públicos, salvo nos casos previstos em lei". “Não conheço diploma com essa envergadura, passível de ser enquadrado como lei, que proíba a importação das carcaças que são transformadas no Brasil — e as fábricas eram pelo menos inúmeras — em pneus a serem utilizados e a serem colocados por um preço, como disse, mais acessível do que o normalmente cobrado pelas produtoras de pneus novos”, defendeu. Marco Aurélio não deixa de observar que o uso de pneus usados exige cautelas, que cabem aos órgãos fiscalizadores. “As próprias empresas têm programa voltado ao emprego dessas mesmas carcaças inservíveis, inclusive sendo utilizadas para asfaltamento de vias públicas.” Não se pode dizer, segundo o ministro, que a importação de carcaças é responsável pela transgressão e deterioração do meio ambiente. “Carcaças que não são importadas para que cheguem simplesmente ao lixo como se o Brasil fosse um grande depósito dos países desenvolvidos. São importadas para se ter uma valia, que é a remodelagem e a colocação de produto concorrendo — repito — com as multinacionais no mercado a um preço mais acessível”, conclui.

O Deputado Fernando Gabeira (PV RIO), confirmou que estará em Campos no dia 11 de setembro.
A programação já está sendo discutida pelo PV LOCAL. Agora é só aguardar!!

12 de ago de 2009

Gabeira e Marina Silva já discutem campanha para 2010


O deputado Fernando Gabeira (PV-RJ) e a senadora Marina Silva (PT-AC)

(Fotos: Fábio Rodrigues Pozzebom e José Cruz/Agência Brasil)

Senadora ainda não decidiu sobre possível saída do PT. PV convidou senadora para ser candidata à Presidência.

O deputado Fernando Gabeira (PV-RJ) disse nesta quarta-feira (12) já ter conversado até sobre uma possível campanha em 2010 com a senadora Marina Silva (PT-AC). Ela foi convidada pelo PV para ingressar no partido e ser candidata à Presidência da República no próximo ano. A senadora ainda não anunciou sua decisão.

Gabeira esteve na casa de Marina nesta quarta-feira. Ele destacou que a senadora ainda não decidiu sobre a saída do PT, mas revelou que eles já avançaram sobre a discussão de uma possível campanha eleitoral do PV.

“Nós conversamos também sobre uma possível campanha, sobre as potenciais dificuldades e tudo”, disse o deputado.

Ele destacou que o PV vai revisar seu programa partidário. A ênfase na questão ambiental será mantida e atualizada, mas o partido pretende apresentar propostas em outras áreas.

“Na nossa potencial campanha, a questão ambiental terá um grande peso, mas não será monotemática. Precisamos dar respostas também para os outros problemas do Brasil”, afirmou Gabeira.

O deputado destacou as dificuldades que Marina tem para deixar o PT, sobretudo pelas relações que tem com os petistas do Acre. Gabeira, no entanto, mostrou-se confiante. “Sempre achei que ia dar certo e continuo confiando que vai dar certo.”

Rio de Janeiro

Gabeira afirmou ainda que o “fator Marina” pode interferir no seu planejamento eleitoral. Ele é pré-candidato ao governo do Rio de Janeiro e diz contar com o apoio de PSDB, DEM e PPS para a empreitada. O problema é que toda a negociação da aliança foi feita em cima da possibilidade de o deputado fazer campanha para o candidato à Presidência do PSDB, José Serra (SP) ou Aécio Neves (MG), apontados como potenciais nomes para encabeçar a chapa tucana.

Na visão de Gabeira, sua candidatura ao governo do Rio de Janeiro só seria possível com um acordo entre os partidos para que ele defenda dois candidatos à Presidência, o do PV e o do PSDB.


Ele descartou ser candidato apenas pelo PV, sem alianças. “Não vou disputar só com um minuto na televisão.” O deputado diz que trabalha também com a possibilidade de disputar o Senado ou até de não se candidatar e ajudar a campanha de Marina pelo país.


Fonte:http://g1.globo.com/Noticias/Politica

11 de ago de 2009

Onda Verde

A ideia dos verdes de lançar Marina Silva ao Planalto ganha corpo entre intelectuais.
Surgiu na internet o movimento Marina Silva Presidente, de "cidadãos por um Brasil democrático e sustentável". Já tem 3.125 adeptos (entre eles, o cientista político Luiz Eduardo Soares e o cineasta Walter Lima Jr).

Fonte:http://oglobo.globo.com/rio/ancelmo/

4 de ago de 2009

Pesquisa do PV traz Marina com até 14% em disputa presidencial


Uma pesquisa encomendada pelo Partido Verde deu novo fôlego às negociações internas para uma eventual candidatura da senadora Marina Silva (PT-AC) à Presidência da República em 2010. A sondagem telefônica mostrou que a ex-ministra do Meio Ambiente teria, a depender dos cenários e dos demais candidatos ao cargo, entre 10% e 14% das intenções de voto. A rejeição ao nome de Marina, na pior hipótese tabulada, ficaria abaixo de 8%, apontou a pesquisa, realizada há 20 dias.
Os dados, considerados "surpreendentes", foram debatidos ao longo de quatro horas de reunião entre a senadora e a Executiva Nacional do PV na quarta-feira, em Brasília. "É uma supercandidata. Ela superou todas as nossas expectativas", avalia um membro da cúpula do PV. O levantamento teve margem de erro de 2,5 pontos percentuais.
Em maio de 2008, Marina saiu do ministério magoada com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Pressionada a alterar um pacote de "arrocho ambiental" imposto a produtores rurais, e preterida no comando do Plano Amazônia Sustentável, preferiu voltar ao Senado. De lá para cá, não teve afagos de Lula e trombou com o PT em temas controversos, como a lei de regularização fundiária na Amazônia.

Reflexão - Consertei o Mundo

Um cientista muito preocupado com os problemas do mundo passava dias em seu laboratório, tentando encontrar meios de melhorá-los. Certo dia, seu filho de 7 anos invadiu o seu santuário decidido a ajudá-lo. O cientista, nervoso pela interrupção, tentou fazer o filho brincar em outro lugar. Vendo que seria impossível removê-lo, Procurou algo que pudesse distrair a criança. De repente, deparou-se com o mapa do mundo. Estava ali o que procurava. Recortou o mapa em vários pedaços e, junto com um rolo de fita adesiva entregou ao filho dizendo: - Você gosta de quebra-cabeça? Então vou lhe dar o mundo para consertar. Aqui está ele todo quebrado. Veja se consegue consertá-lo bem direitinho! Mas faça tudo sozinho! Pelos seus cálculos, a criança levaria dias para recompor o mapa. Passadas alguns minutos, ouviu o filho chamando-o calmamente. A princípio, o pai não deu crédito às palavras do filho. Seria impossível na sua idade conseguir recompor um mapa quem jamais havia visto. Relutante, o cientista levantou os olhos de suas anotações, certo de que veria um trabalho digno de uma criança. Para sua surpresa, o mapa estava completo. Todos os pedaços haviam sido colocados nos devidos lugares. Como seria possível? Como o menino havia sido capaz? - Você não sabia como era o mundo, meu filho, como conseguiu? - Pai, eu não sabia como era o mundo, mas quando você tirou o papel do jornal para recortar, eu vi que do outro lado havia a figura de um homem. Quando você me deu o mundo para consertar, eu tentei, mas não consegui. Foi aí que me lembrei do homem, virei os recortes e comecei a consertar o homem que eu sabia como era. Quando consegui consertar o homem, virei a folha e vi que havia consertado o mundo.!!! Autor desconhecido

1 de ago de 2009

Gabeira em Campos


Fernando Gabeira, escritor, jornalista e deputado federal do PV Rio, a convite do Presidente do PV de Campos, Andral Nunes Tavares Filho, em breve estará visitando Campos. Logo estaremos divulgando a programação. Aguardem!!!